HISTÓRIA


Ano de criação: 1984

Local: Gama - Distrito Federal.

Componentes: Gilmar (baixo e voz), Virgílio (guitarra e voz)

Propósito da banda: Alertar sobre os crimes ambientais e combater o capitalismo, com discursos em defesa de uma proposta de permanente combate aos problemas sócio-políticos que, por serem considerados os mesmos no contexto mundial, justificam também o uso de diferentes idiomas nas letras da banda (inglês, português, espanhol e alemão), uma marca característica do grupo desde sua fundação.


Discografia comentada


1986 - Split LP “Ataque às hordas do poder”. Lançado pelo selo Devil Discos, com o nome Stuhlzäpchen Von N, é o primeiro registro de uma banda hardcore do centro-oeste. Após este LP, o grupo mudou seu nome para ARD (After Radioactive Destruction) para facilitar a pronúncia e a grafia.


1988 - LP “Causas para Alarme”, também pela Devil Discos. O trabalho é elogiado por toda a imprensa mundial underground. Depois de ter sua tiragem esgotada, algumas cópias são vendidas a preço de ouro no mercado. Em 2007, o selo local GBG adquiriu os direitos para prensagem em formato CD.


1993 - 7” EP (compacto) “My Brazil: better 4 than nothing”, pelo selo SubWay Rock Records. Apesar de não ter espaço de publicação do trabalho na Alternative Tentacles, Jello Biafra, ex-vocalista do Dead Kennedys e dono do selo, elogiou o compacto do ARD em carta enviada à banda.


2007 - CD “Síndrome do Emputecimento Progressivo”, com participação de Rodrigão (ex PUS) e Felipe CDC (Terror Revolucionário e Death Slam), pelo selo local Alea Distro. O trabalho é uma espécie de carta aberta de protesto ao grande mal que assola a humanidade. Todos estão com o pavio curto demais e a Síndrome atinge o ápice quando os atos violentos se propagam em cadeia.


2009 - Split CD “VIDA PUNK”, com Phobia Punk Rockers - excelente trabalho, distribuído  no Japão, Estados Unidos e Europa, com excelente aceitação.


Homenagens


2006 - CD 1 da série: HONRA AO MÉRITO, com 13 bandas da cena underground brasiliense fazendo releituras de músicas do ARD.


Coletânea Cult 22: a música Terremoto do ARD é gravada pela banda death metal Under Skin Crowler.


Coletâneas


1997 - Cult 22 10 anos - com “Cruelty” música inédita.

1998 - Traidô - Tributo ao RDP, com a música “Amazônia nunca mais”.

2006 - Cult 22 - Tributo ao Rock Brasília, com a música “Sub Raça” da banda Câmbio Negro.

2007 - Faces do Chaos, CDR split com 4 bandas. Lançado em 2007, só em Portugal.

2008 - Tributo ao Besthöven, com a música “Frio Sinistro”. Este CD foi lançado por uma gravadora do Peru.

2008 - Trilha sonora do filme Bomb it! - V/A, lançado em Los Angeles - USA. Sobre a arte do Grafitti, lançado em cadeia mundial, com a música “ARD” versão em inglês. A famosa Rage Against the Machine também participa da coletânea com uma música.

2011 - Tributo ao Discharge, com a música "Cries Of Help", Discordia Records



No Forno


Split "Brothers In Boots" - ARD & Rattus (Finlândia), GBG Records.

 _












gallery/pq1
gallery/gilmar
gallery/ataque as hordas do poder capa
gallery/causas para alarme
gallery/my brazil
gallery/sindrome_pq
gallery/vida punk

Algumas bandas que já produzimos e/ou dividimos o palco para a celebração do aniversário


FORÇA MACABRA – Finlândia (2007)
RATTUS – Finlândia (2007)

HOLOCAUSTO – Minas Gerais (2007)
LOBOTOMIA – São Paulo (2007) 
KUOLEMA – Finlândia (2008)
CÓLERA – São Paulo (2008)
INVASORES DE CÉREBRO – São Paulo (2009)
CIVIL OLYDNAD – Suécia (2009)
PHOBIA PUNK ROCKERS – São Paulo (2009)
STOMA – Holanda (2010)
EXPURGO – Minas Gerais (2010)
SEE YOU IN HELL - Rep. Tcheca (2010)
RATTUS – Finlândia (2012) 
STEVE DREWETT- Inglaterra (2014)
TERVET KADETT- Finlândia (2014)
OVERLOADED – Rep. Tcheca (2014)
DOOM – Inglaterra (2015)
RÖVSVETT – Suécia (2016)

 

gallery/whatsapppp